Garotas Nerds

Fórum para leitoras do blog Garotas Nerds


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ato 1: Extra!

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 4]

51 Re: Ato 1: Extra! em Sab Mar 05 2011, 20:00

Era como Javert sempre dizia, não se pode desperdiçar um dia de sorte.

Pegou a moeda, guardou-a com cuidado e começou a seguir a garota, a distância, limpando a tinta do rosto com um pouco que agua.

Ver perfil do usuário

52 Re: Ato 1: Extra! em Sab Mar 05 2011, 20:07

- Parece bom para mim. Prometo não colocar o nome na matéria, então - disse, sorrindo para Ariel.

- Agora diga-me doutor, quais são os detalhes do assassinato? Tudo que fiquei sabendo foi que usaram uma espécie de faca para corta-lhe o pescoço, mas todo o resto parecia um mistério. Algo de anormal no corpo? O que o senhor puder me dizer será muito útil.

As perguntas foram metralhadas para fora, enquanto Bullet segurava o caderninho pronto para anotar tudo que ouvisse.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

53 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 00:11

- Oh, apenas umas bobagens... me diga Dereck a cena do crime, é muito longe daqui? Eu gostaria de dar uma olhada...

Ver perfil do usuário

54 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 13:23

JAVERT MARCEAU

A moça andava rapidamente, virando uma esquina. De repente, sentiu um horrível cheiro de podre, o que estranhou, pois perto da rua principal não era tão sujo a ponto de exalar tal fedor.




TRACER BULLET

O Dr. Harris deu algumas informações valiosas para Tracer. Falou sobre os ferimentos, que pareciam ter sido inflingidos por alguém muito forte; da arma do crime, longa e fina, que suspeitava-se ser uma baioneta. Com isso, as suspeitas recaíam sobre um militar. Cedeu também uma foto do legista. Apresentava Martha do pescoço pra cima, limpa, na mesa do legista, porém com uma grande marca no pescoço.

- É isso o que tenho por agora, meu rapaz. Espero que isso lhe ajude. - George rencostou-se na cadeira, parecendo cansado.




RICHARD CROSS

- Não, foi em um prédio de apartamentos perto daqui. A polícia já deve ter saído de lá, espero.

Dereck guiou Richard até o prédio propriamente dito. Chegaram na frente de uma porta fechada, isolada com uma corda, onde uma poça de sangue seco ainda não tinha sido lavada. Haviam vários respingos em todo lugar, que provavelmente aconteceram quando a jugular da moça fora cortada. Mas Richard sentia algo mais. Aproximando-se das paredes, podia sentir um leve cheiro de enxofre.

Ver perfil do usuário

55 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 13:43

Will fica esperando Catherine ficar pronta... Depois de algum tempo ela aparece. Will fica impressionado

- Você está linda! Vamos?

Will extende o braço para Catherine e eles vão para o casamento...

Ver perfil do usuário

56 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 13:48

Permaneceu em silêncio à mesa. "Será apenas uma coincidência infeliz?" Pensava enquanto terminava o desjejum. "Talvez fosse melhor ver meu vestido logo..."
- Se me derem licença, vou visitar nosso alfaiate.
Enquanto caminhava para seu quarto para pegar sua bolsa e sombrinha forçava sua memória, precisava lembrar de maiores detalhes acerca daquele sonho terrível que a deixara tão tensa.

Ver perfil do usuário

57 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 14:16

Evan vê seu pai acenando, vai até a beira do lago, espreme o excesso de água dos cabelos e se enrola no roupão branco que havia deixado ali. Pensava no que seu pai queria, era raro ele aparecer de manhã durante qualquer de suas atividades; geralmente, o que quer que fosse podia aguardar que Evan voltasse para dentro da mansão.

- Oi, pai. Bom dia. - Evan tinha demorado a se acostumar com isso, chamar Lorde Kendal de 'pai'. Agora, já era normal, depois de alguns anos, mas ainda assim, às vezes lhe trazia algum tipo de nostalgia reversa, ou algo do tipo. - Quer alguma coisa?

Ver perfil do usuário

58 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 14:19

* Arthur olha pro pai e faz uma careta de nao saber tambem o que fazer e entrega o cha para William
- Tome este cha, com certeza irá acalmá-lo...
*Arthur espera will tomar pelo menos um pouco do chá*
- ... Sua mulher nao era nenhuma protistuta Will. A policia nao deixaria de investigar um crime por casa do status de uma pessoa, e mais importante...
* Arthur se abaixo para poder olhar will diretamente no olho*
- ...nao foi sua culpa! Voce quer que arranjemos um funeral apropriado?

Ver perfil do usuário

59 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 14:23

A informação sobre a baioneta e a suspeita sobre ser militar parecia algo valioso, daria uma boa matéria. Bullet ainda avaliou a foto, reconhecendo a mulher que vira na reportagem. A marca despertou o interesse do repórter, havia algo de estranho naquilo. Tudo anotado, guardou o caderno e a foto.

- Muito obrigado, doutor, as informações me foram muito úteis. Agora devo voltar ao jornal, mas não tardarei a voltar para levar a senhorita Ariel ao casório, como foi prometido. Com sua licença.

Colocou o chapéu e fez um gesto para os dois, já os tinha incomodado demais. Seguiu então a criada até a porta, onde pediria por uma nova carruagem que o pudesse levar ao jornal.

No caminho, ele pensaria sobre o caso, tentando descobrir o que ainda lhe incomodava, mas satisfeito por saber que o supervisor iria gostar do que havia conseguido. Conhecer o legista e sua filha tinha vindo a calhar muito bem.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

60 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 15:19

JANE POTTER

Jane dirigiu-se ao alfaiate. Chegando lá, o excêntrico Monsieur Petit a recebeu, seu bigode pontudo sempre bem arrumado.

- Mademoseille Potter! - Eles trocaram beijinhos nas bochechas. - Creio que queira checar o quão deslumbrante está minha nova criação!

Petit à levou para dentro do ateliê, e apontou um vestido que estava pendurado em um manequim. Era simples, mas belíssimo: seda rósea, com finas rendas.

EVAN KENDAL

Joseph pareceu um pouco nervoso.

- Hoje é o casamento de Miss Dashwood, Evan. Eu vim perguntar se gostaria de ir conosco... Seria o primeiro evento público que compareceríamos todos juntos, filho.

ARTHUR "STEAMPUNK"

- Sim, eu... - William parou de chorar. - Eu já estou cuidando dos arranjos. Mas só poderei enterrá-la quando a polícia liberar o corpo...

O homem calou-se, parecendo em estado catatônico.

- Quanta maldade nesse mundo - Smith murmurou, mais para si mesmo que para o outro. - Vá para casa, homem. Seus filhos precisam do pai.

nerdiscreto e dezatifa já podem postar no tópico do casamento quando quiserem :B

Ver perfil do usuário

61 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 15:47

Por breves instantes os pensamentos sobre seu pesadelo se foram, o vestido era realmente deslumbrante.
- Monsieur Petit! Fantastique!!! Acredito que esse é um dos vestidos mais lindos que o senhor fez para mim! Está perfeito, quero levá-lo agora mesmo.

Ver perfil do usuário

62 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 16:13

JANE POTTER

Petit ficou extasiado ao ouvir a aprovação de sua cliente. Embrulhou cuidadosamente o vestido, colocando-o em uma caixa, para que ela levasse para casa.

- Boa sorte na festa, mademoseille! Cuidado na rua! - Ele disse, acenando enquanto ela ia embora.



zumbibs, já pode postar no tópico do casamento quando quiser :B

Ver perfil do usuário

63 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 16:21

Evan por um momento ficou meio pensativo. Não sabia se seria uma boa idéia, pois por mais q fosse uma coisa que quisesse de fato, tinha consciencia de que ja havia causado problemas demais quando trouxe o segredo familiar à tona. Mas pensou melhor e viu que seu pai parecia querer levá-lo. Então tomou sua decisão.
- Ahn, claro. - disse ele, dando um sorriso de meia boca. - Só me diga a hora que tenho que estar pronto.

Ver perfil do usuário

64 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 17:27

Ariel aproveita para prestar atenção a descrição feita pelo pai e a foto dada ao reporter. Pensativa, prefere ficar sem dar opiniões e mergulhar em seus pensamentos. Ao se despedir do Sr. Bullet, faz um reverência leve porem educada e aguarda até q saia.

-Deseja algo mais,papai? - olha o pai, tentando achar um meio de conforta-lo depois de uma noite pesada de trabalho.

Ver perfil do usuário

65 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 19:09

Ofendido pelo cheiro horroroso em suas narinas, Javert fez uma cara de nojo. Procurou ao redor, tentando entender de onde vinha tal podridão. Ainda assim, mantinha os olhos na mulher e a seguia a uma distancia segura.

Ver perfil do usuário

66 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 21:44

Depois de entregar as anotações para Phillips, o que lhe rendeu alguns elogios, Bullet se apressou para passar em casa, tomar um banho e trocar de roupa para ir ao casório. Colocou um velho terno que usava em ocasiões mais formais, sem se esquecer do caderno de anotações. Logo, estava pronto para ir pegar a senhorita Ariel.

Pegou uma carruagem para a casa do doutor e de lá iriam para a casa da família Dashwood, que não deveria ser muito longe.

Ao chegar na casa dos Harris, pediu que a empregada fosse ver se a senhorita estava pronta para acompanhá-lo, enquanto esperava do lado de fora. Não estava animado para cobrir uma festa da alta sociedade, mas pelo menos teria companhia.

Dezatifa, caso esteja pronta para ir para o próximo Ato, pode considerar que nos encontramos, te elogiei pelo seu vestido (XD) e começamos a andar até a cerimônia.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

67 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 21:53

EVAN KENDAL

Joseph sorriu.

- Não se importe com o que Coralline disser. Minha decisão está tomada.




ARIELLA HARRIS

- Não, querida. Acho que vou tomar o banho que você me preparou e descansar - George se levanta da cadeira, fazendo um cafuné na filha. - Divirta-se na festa!

O pai de Ariel subiu as escadas até seu quarto.




JAVERT MARCEAU

A moça saiu de seu campo de visão, mas ele viu outra pessoa. Um homem sujo e desarrumado caminhando firmemente, olhos fixos à frente, para onde a moça tinha ido.

Ver perfil do usuário

68 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 22:17

Estou postando só para ficar arrumadinho xPPP. Mas já pode postar no outro tópico =p

Ariel despede-se do pai e vai até seu quarto se arrumar. Escolhe um belo vestido, afinal era uma festa de grande porte, mas não poderia ser tão chamativo a ponto de atrair toda a atenção para ela- um antigo "acordo" entre damas dizia q em casamentos, as atenções teriam de ser totais a noiva. Com a ajuda de Abigail, Ariella está finalmente pronta para o casamento.
Poucos minutos depois, é avisada a chegada de Bullet e assim segue com ele para o casamento.

Ver perfil do usuário

69 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 22:43

- Tudo bem. - diz Evan, imaginando as repercussões dessa decisão. Coralline e Harry não iriam gostar nada de dividir com ele a companhia de Lorde Kendal, principalmente em um casamento daquele porte. Mas seu pai sabia com o que estava lidando, então achou melhor não dizer nada a respeito. Se a instrução era não se importar com sua madrasta, então era isso que ele iria fazer. - Bom, então vou começar a me preparar. E pai... obrigado pela oportunidade.
Evan deu outro sorriso, mais aberto. Em seguida, começou a caminhada de volta à mansão.

Ver perfil do usuário

70 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 22:46

EVAN KENDAL

Joseph dá um tapinha nas costas do filho e volta pra casa. Quando volta à casa que era sua, Evan toma um banho e vê sua roupa de gala já arrumada sobre a cama.

Ver perfil do usuário

71 Re: Ato 1: Extra! em Dom Mar 06 2011, 23:05

Foi em boa hora que seu pai mencionou o Monsieur Petit e o vestido, diante da beleza que agora tinha em mãos sentiu-se um pouco mais aliviada, tinha outra coisa para pensar além do sonho e das notícias nos jornais. Mas o alfaiate tinha razão, e não custa nada ser mais cuidadosa fora de casa.

Agora poderia se preparar para o casamento de Cecilia.

Ver perfil do usuário

72 Re: Ato 1: Extra! em Seg Mar 07 2011, 00:59

Interessado pelo olhar firme do fedorento, Javert continua sua campanha, mudando de alvo e seguindo o homem pela rua principal.

Ver perfil do usuário

73 Re: Ato 1: Extra! em Seg Mar 07 2011, 02:10

JAVERT MARCEAU

Javert sente-se estranhamente impelido a seguir o estranho, o fedor do ambiente entrando em suas narinas começou a deixá-lo nauseado conforme ambos se distanciavam da rua principal. Entravam nos labirintos de vielas, e Javert teve a certeza de ter ouvido uma voz, distante e perdida no vento.

- Eu a terei...

Ver perfil do usuário

74 Re: Ato 1: Extra! em Seg Mar 07 2011, 04:04

Cross encheu os pulmões com aquele pequeno pedaço do inferno.
- Sente esse odor Dereck? Se a vítima fosse um nobre ou uma pessoa de posses duvido que um detalhe tão importante como esse passaria despercebido. Mas assim funciona a mente humana. Ela procura enquadrar os elementos destoantes dentro do quadro já conhecido. Aposto que atribuiram o mau cheiro a putrefação do corpo ou a "pestilência dos bairros pobres".
Ele invadiu a demarcação e se ajoelhou calmamente ao lado do sangue. Estendeu sobre o chão a suposta pele de raposa e despejou sobre ela os pequenos ossos que havia comprado. Imergiu a extremidades de um dos ossos no líquido.
- Toda evidência forense relevante foi coletada pela polícia. Ora de obter o que eles não conseguiram. Nem poderiam conseguir. Um pedaço do corpo da vítima e outros instrumentos seria o mais adequado. Mas gosto de improvisar.
- Se-senhor?! O que está fazendo?
- Na África do Sul... quando um homem fica doente, é roubado... ou quando alguém é morto... as pessoa procuram um Sangoma. São uma espécie de mistura de curandeiro e oráculo. Certa vez salvei a filha de um desse homens santos da morte certa. E em gratidão ele me tomou como seu aprendiz... um twaza. Isso é o que eles chamam de "jogar os ossos". É uma técnica de vidência muito avançada. Os homens de ciência daqui julgam ser uma mera superstição, mas ela é na verdade uma ciência em si.... muito sofisticada... e fora do alcance da sua auto-intitulada racionalidade... isso eu lhe garanto.
Dereck jogou os ossos para cima e deixou que eles caissem sobre a pele estendida no chão. Depois observou em silêncio as posições onde eles cairam.
Repetiu o processo três vezes. Perguntas foram formuladas em sua mente.
Quem matou essa mulher?
Aonde ele se encontra?
e numa ultima tentativa
Aonde devo ir em seguida?
Não tinha certeza que funcionaria daquela vez ou que obteria respostas para todas as suas perguntas. Repentinamente seu corpo entrou em uma espécie de transe e ele pode sentir como se os espíritos daquele lugar estivessem falando com ele.
Dereck observava tudo intrigado. As história sobre o capitão deviam ser verdadeiras, aquele homem só podia ser um louco.

Ver perfil do usuário

75 Re: Ato 1: Extra! em Seg Mar 07 2011, 10:14

Incapaz de conter a propria curiosidade Javert continua seguindo o estranho. Detem-se no entanto a pensar que alguma coisa extremamente ruim estava prestes a acontecer.

Despido de quaisquer armas, ou quaisquer objetos que pudesse usar como arma, ele procura ao redor com os olhos, enquanto mantem-se no encalço do homem.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 4]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum