Garotas Nerds

Fórum para leitoras do blog Garotas Nerds


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ato 2: Mudanças

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 7]

51 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 13:35

Tendo terminado de escrever, Tracer se espreguiçou na cadeira; foi quando notou o envelope preto que o assistente havia deixado em cima da mesa. Abriu-o e leu a mensagem, ainda meio estressado.

Achou que era alguma brincadeira sem graça, o que o deixava mais irritado. Entretanto, a caligrafia havia chamado sua atenção, assim como o envelope preto. Não parecia brincadeira.

- Ora, veja só. Me pergunto se aquele idiota teria tempo para brincar com esse tipo de coisa.

Pensou sobre o assunto por alguns minutos, considerando se devia ir ao endereço ou não. Procurou por mais algum envelope, mas não achou nenhum parecido. Sem dúvida, havia a chance de ser uma boa matéria, ou, provavelmente, algum tipo de armadilha, como dizia seus instintos de detetive.

Por fim, resolveu ir, já que não havia mais o que fazer ali. Pegou seu sobretudo no cabideiro, junto com seu chapéu e antes de sair, voltou à mesa para pegar seu revólver na gaveta, por precaução. Saiu, fechando a porta para ninguém entrar.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

52 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 14:48

- Por Deus, mulher! - Grace levanta um pouco a voz, irritada - Estás apaixonada por aquele mulherengo! Não percebes que o jeito que ele te trata é o mesmo que trata toda e qualquer uma que tenha um par de seios! Não se iluda, minha amiga, sabes tanto quanto eu que isso não tem futuro. Precisa esquece-lo. - Grace volta a falar um pouco mais manso.

Grace, que vinha trabalhando com Thomas já há algumas semanas conhecia bem o tipo do músico, era galanteador e bom com as palavras que as mulheres queriam ouvir, mas jamais deu atenção pois sabia de suas reais intenções. E não tinha dinheiro para pagar por elas.

Ver perfil do usuário

53 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 14:56

- Talvez ele não esteja em casa... mas podemos verificar.
* Arthur começa a circundar a casa para achar uma janela aberta ou outra porta pela qual possa entrar *

Ver perfil do usuário

54 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 15:50

Esperem um momento. - Disse javert apos sair de um longo periodo de meditação.- Talvez eu possa tenha mais sorte em ver se a porta esta aberta.A sra Abgail pode me emprestar um grampo?

OFF: Pouts. Nem vi que eu perdi um post. T_T. Meu email parou de receber as atualizações de postagem do blog.

Ver perfil do usuário

55 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 16:56

- Não, Reese. Não posso ouvir as vozes. Mas sei que elas existem. O que elas querem? O que estão dizendo? Não posso escutá-las.
Cross achou melhor entrar no jogo dele. Mostrar empatia, ainda que tecnicamente não estivesse mentindo. Enquanto isso (mas sempre de olho no segundo-tenente) procurava no lugar alguma pista do paradeiro de Dereck.

Ver perfil do usuário

56 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 17:36

Evan fica sem saber como agir. É a primeira vez que está realmente sendo tratado como irmão de Harry pelo próprio Harry.
Ele fica olhando para o garoto sem entender bem o que estava se passando ali.
- Ahn... ajuda?

Ver perfil do usuário

57 Re: Ato 2: Mudanças em Sab Abr 09 2011, 19:51

Enquanto Miranda Dashwood recebia Miss Potter, Ellie ficou alguns passos atrás. Tinha a impressão de conhecer a visitante de algum lugar, mas não se lembrava de onde. Não era boa fisionomista.

Enquanto estava ali, percorreu a sala com os olhos e, quando viu alguns brinquedos amontoados num canto, se lembrou das crianças. Onde estariam elas?

- Me perdoem, acho que gostariam de conversar à sos. Vou deixa-las à vontade, com licença.

Ellie saiu e foi em direção aos quartos. Enquanto procurava os meninos, parou em frente ao antigo quarto de Cecilia. Uma estranha nostalgia a invadiu, se lembrou da época que as duas eram amigas, correndo pelo jardim, brincando de bonecas, trocando segredos... Segredos... Quando elas eram novas as duas tinhas diários, e uma lia o diário da outra. Há muito Ellie não escrevia mais um, mas e Cecilia? Sentiu uma vontade imensa de entrar naquele quarto e verificar. Quem sabe, talvez a pobre noiva tivesse escrito algo sobre aquele louco assassino...
me sentindo em Zelda LOL, querendo abrir portas e descobrir algo interessante...

Ver perfil do usuário

58 Re: Ato 2: Mudanças em Seg Abr 11 2011, 21:09

Ariel estranhou ao ver o envelope. O preto era uma cor bastante fora do comum para o uso em cartas. A mensagem, o selo, tudo era estranho.

- Pergunto-me por que o sr não comentou sobre esse envelope enquanto conversavamos, pai...- pensava sozinha, enquanto examinava o envelope com cuidado, tentando ver se não tinha mais nada dentro ou se o papel não fora mergulhado em alguma substância perigosa ou algo parecido.

-"A verdade. Busque-a. Mas cuidado; algumas verdades não foram feitas para olhos humanos". O que exatamente isso quer dizer? Q verdade é esta? - Ariella pensava em voz baixa, intrigada com o fato do pai ter recebido a carta.

Ariella pega um outro pedaço de papel e anota o endereço q estava indicado na carta ; coloca o selo embaixo do papel e passa um lapís por cima -fazendo a cópia do selo - depois guarda todos os documentos que tinha tirado do lugar. Deixando tudo como estava. Segue para o quarto, para pegar sua bolsa enquanto conferia se tudo estava lá, inclusive a arma, coloca o chapéu e vai seguindo para a sala.

Ariel procura a empregada e avisa q sairá para dar um passeio, pedindo em seguida que avise ao pai caso ele pergunte. A garota sai de casa e confere o endereço, vendo se seria melhor pegar uma carruagem ou ir a pé

Ver perfil do usuário

59 Re: Ato 2: Mudanças em Qua Abr 13 2011, 14:49

-Achei que poderia ser apenas um simples mal estar, e como tudo aconteceu meio de repente, não deu nem tempo de dizer nada.- disse Morgan, se cobrindo com as cobertas que estavam na cama.
-E agradeço por me ajudarem a chegar no quarto.- Disse à William e Catherine.

Ver perfil do usuário

60 Re: Ato 2: Mudanças em Qui Abr 14 2011, 22:40

Após resolver os assuntos que tinha a tratar na cidade próxima, Eleonor volta a sua residência em Belvedere a fim de pensar mais seriamente sobre a questão de se mudar. É fato que uma mudança era extremamente necessária após a morte de Henry.
A idéia de deixar todo o seu passado, suas memórias felizes ao lado de seu amado marido, guardadas na residência às traças de Belvedere não a agradava, mas ficar apenas com a companhia da solidão no mausoléu também não era aceita de bom grado.
Eleonor tomou uma decisão, não era a das melhores mas a faria decidir se se mudaria para Londres ou não.
- Madeleine, arrume uma bolsa com meus pertences mais necessários, sairei por alguns dias. E mande aprontarem a carruagem para mim. - disse Eleonor para a empregada.
Ela havia decidido que iria para o cabaret de Madame Rouge.
As únicas pessoas que haviam tratado ela bem, sem interesse em seu dinheiro estavam lá. Prostitutas e músicos. Interessante, pois seria justamente neste tipo de lugar que é esperado encontrar pessoas de índole contrária ao que me foi mostrado. - Este era o pensamento dela ao partir rumo ao cabaret.

Ver perfil do usuário http://madsophienne.wordpress.com

61 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 11:03

- Oi Miranda! - Olha para o lado e vê que uma senhorita a acompanha, e sorri para ela, cumprimentando-a também. - Não sei se este é o momento mais apropriado para uma visita, vejo que tem companhia, está ocupada com algo? Poderemos marcar outro dia...
A senhorita que ainda não conhece, e que não lhe parece estranha diz:

- Me perdoem, acho que gostariam de conversar à sos. Vou deixa-las à vontade, com licença.
- Espero não atrapalhar nada, sinceramente, mas Miranda, se pudermos entrar e trocar algumas palavras, vim trazer meus sentimentos e de meus familiares, especialmente Ethan... Espero que entenda a demora, temi em deixar meu irmão sozinho, foi tudo tão rápido e assustador, como está lidando com isso tudo Miranda?

Ver perfil do usuário

62 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 20:47

TRACER E ARIELLA

Quando Ariella chegou ao local, longe da cidade, já no fim da tarde. Percebeu que já havia alguém parado na frente da mansão para a qual tinha recebido indicações. Chegando mais perto, percebeu que era Tracer.

GRACE E ELEONOR

- Ele foi o primeiro a me tratar como uma donzela, Grace - Mary respondeu, agora com voz controlada. - Coisa que não sou. Ele não me trata como esses homens... Como se eu fosse descartável!

A discussão das duas foi interrompida por um chamado na porta. Quando Grace atendeu, viu que era Eleonor.

ARTHUR E JAVERT

Abigail deu um grampo a Javert, que conseguiu abrir a porta sem problemas. Os três se entreolharam quando a porta abriu com um rangido agourento.
Estava muito escuro lá dentro, e cheirava mal. Um barulho de passos rápidos denunciou que alguém corria até a porta.

- Tia Abigail!

Duas crianças pequenas se agarraram à saia da idosa. Estavam completamente sujos, e pareciam muito assustados e esfomeados.

- Santo Deus! O que aconteceu com vocês, pequenos?

RICHARD

- Eles nos dominam... Sim, até agora. Pessoas normais não os vêem... Mas eles estão aqui.

Reese então pareceu ver algo atrás de Richard, e berrou. O jovem pulou pela cortina fechada, quebrando a janela de vidro atrás dele.

EVAN

- Eu preciso fugir de casa. - Harry disse, como se fosse a coisa mais casual do universo.

JANE

Quando Jane chegou, Ellie foi para dentro, deixando as duas sozinhas.

- Seja bem vinda, Srta Potter. Desculpe-me pela situação estranha... - Miranda disse, incerta. - Eu e Ellie estávamos tentando fazer minha mãe sair de seu quarto. Ela se trancou a dias e não saiu mais...

ELLIE

Após deixar Jane e Miranda conversando, Ellie pensou ter ouvido alguma coisa. Primeiro pareceu impressão, mas então pareceu que haviam duas pessoas conversando, fora as duas moças na sala ao lado. As vozes pareciam abafadas, como se viessem de outro cômodo. Bateu na porta da sala ao lado, e não recebeu resposta. A vozes cessaram, e quando ela entrou, não havia ninguém.

Ellie foi tomada de uma sensação de que algo horrível estava para acontecer.

THOMAS

Horas depois, Isabela ainda dormia ao lado de Thomas. O rapaz ficou algum tempo pensando como ia se livrar da louca, e então lembrou-se da pergunta que fizera mais cedo e não recebera resposta.

O que ela tinha feito com o dinheiro, com as jóias, com tudo que conseguira do Marquês? Ela certamente não teria saído de mãos vazias da França. Curioso, ele levantou-se devagar, e foi até onde Isabela largara suas coisas mais cedo. Achou primeiro um caderninho de capa verde em que havia pouco escrito além de indicações na Inglaterra (inclusive de onde thomas estava morando) e seu nome escrito várias vezes, com corações espalhados. Um papel dobrado caiu do caderno, escrito em uma letra garranchada e apressada.

"Esta é a minha parte do acordo. Entrarei em contato quando for a hora de fazer valer sua palavra."

Fora isso, havia também uma caixinha, com jóias de pouco valor. Realmente parecia que Isabela não trouxera nada da fortuna de seu (ex?) marido da França.

MORGAN E WILLIAM

Morgan não pôde ouvir a resposta da irmã, apagando em seguida.
Acordou de repente sentado exatamente na cadeira da mesa de jantar onde estivera no almoço mais cedo. Porém, não havia almoço, e a casa estava silenciosa e vazia. Passos pesados se aproximaram da porta, e ele olhou para quem chegava.

- Seja bem vindo, Sr. Morgan. - Uma figura esbelta, usando roupas escuras, entrou na sala. Não era possível ver seu rosto, que estava escondido sob a sombra do chapéu. - Fez boa viagem?

Ver perfil do usuário

63 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 21:23

Eleonor...! - Grace estava surpresa demais em rever a amiga que esqueceu-se completamente da etiqueta - Digo... Senhora Eleonor. Achei que nunca mais fosse vê-la.

Estava realmente surpresa e alegre ao ver Eleonor. Praticamente ignorou a conversa tensa que estava tendo com Mary.

Ver perfil do usuário

64 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 21:47

*Arthur espera a resposta das crianças, mas tenta olhar mais para dentro para ver se consegue enxergar algo de anormal*

Ver perfil do usuário

65 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 22:00

- Oh céus! E sabem por que ela se recusa a sair do quarto? Posso ajudá-las em algo?
Por uns instantes JAne esquecera sua real intenção e quis ser prestativa com MIranda.

Ver perfil do usuário

66 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 22:36

"Podia jurar que havia escutado vozes vindo daqui!"
Ellie entrou na sala,deu uma olhada ao seu redor e não viu niguém. Aquilo a pertubou, estaria ouvindo coisas? Sentiu o coração disparar e a respiração se tornar um pouco mais difícil. Tentou manter o controle, respirando pausadamente.
- Olá? Tem alguém aqui? - ela se sentiu um pouco boba perguntando aquilo, a sala estava vazia, era óbvio a primeira vista. Mas ela tinha ouvido vozes, com certeza.

Ver perfil do usuário

67 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 22:52

- Olá senhorita Grace, espero não estar interrompendo nada! Desculpe-me ter vindo sem ter mandado algum mensageiro antes anunciando minha vinda, porém nem mesmo eu sabia que viria para cá. Estou sendo inconveniente aparecendo tão subitamente em sua residência?- Eleonor disse tentando ser ao mesmo tempo polida e amigavel.

Após o discurso que havia ensaiado na carruagem ter sido dito, relaxou ao ver que a supresa de Grace ao vê-la havia sido positiva e não negativa, como era o esperado.

Ver perfil do usuário http://madsophienne.wordpress.com

68 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 23:03

- Imagina! És sempre bem vinda ao nosso estabelecimento. Por favor, entre. Não repare na bagunça, minha amiga deixou cair um copo. Gostarias de algo para beber? - Grace conduz Eleonor até uma cadeira.

Ver perfil do usuário

69 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 23:13

Antes de entrar com Grace, Eleonor pede para seu motorista a esperar o quanto fosse necessário.

- Obrigada por sua gentileza, imagina, não ousaria reparar na bagunça de pessoas tão gentis. - Eleonor senta na cadeira- Por favor, sente-se também. Estava em casa, solitária e pensei que vindo aqui poderia me animar um pouco, afinal aqui tem um fluxo tão grande de pessoas... - olho em volta, e reparo pela primeira vez na amiga de Grace, Mary.
- Oh, meu bom Deus, o que aconteceu com a senhorita? Outra amiga desapareceu? - Eleonor pergunta com sincera preocupação para as duas mulheres.

Ver perfil do usuário http://madsophienne.wordpress.com

70 Re: Ato 2: Mudanças em Dom Abr 17 2011, 23:26

Grace senta-se próxima a Eleonor

- Não, graças a Deus, nenhum outro assassinato ocorreu. Mary está um pouco chateada apenas, problemas pessoais. Como a senhora tem passado? Aquela cena terrível não sai da minha cabeça... E desde então ando tendo pesadelos e uma angústia... Não sei me explicar.

Ver perfil do usuário

71 Re: Ato 2: Mudanças em Seg Abr 18 2011, 01:05

Bullet tinha acabado de chegar e estava investigando o lugar, tentando saber que espécie de endereço era aquele. Ao sentir alguém se aproximar, se vira, meio temeroso, mas logo vê um rosto conhecido.

- Senhorita Ariel! O que faz por aqui? Não me diga que foi você a responsável por me mandar esse bilhete. Foi?

Ele sorri para moça.

- Mas é bom ver um rosto conhecido, pelo menos. Fico mais tranquilo. É sempre um prazer vê-la, aliás - ele sorri, meio sem graça.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

72 Re: Ato 2: Mudanças em Seg Abr 18 2011, 02:24

Javert da um pulo pra perto das crianças e de dentro das roupas esfarrapadas tira um lenço.
-Oh, crianças.
Do lenço ele retira um pedaço de pão e exclama:
-tcharam ! Magica.

Ver perfil do usuário

73 Re: Ato 2: Mudanças em Seg Abr 18 2011, 16:21

-Se fiz boa viagem??- Perguntou Morgan, enquanto olhava novamente em volta e tendo certeza que estava em sua própria casa.
-Não estou entendendo. Quem é você, nós já nos conhecemos? Pelo jeito você não parece ser o medico que Catherine chamou.- Morgan estava olhando fixamente para a figura.
Apesar da estranha situação, Morgan não sentia medo, mas sim curiosidade, e muitas perguntas estavam vindo-lhe à cabeça. Mas apesar disso, resolveu esperar e ver o que aquela pessoa diria.

Ver perfil do usuário

74 Re: Ato 2: Mudanças em Seg Abr 18 2011, 20:48

Ariel, por algum motivo, sentiu-se mais tranquila ao ver alguém que já conhecia em um lugar que nunca estivera. A garota faz um gesto educado com a cabeça quando Tracer a reconhece.

-Mr. Bullet! Que uma surpresa encontra-lo por aqui -Ariel sorri leve- Bilhete?...Se o sr. menciona de um recado que foi enviado dentro de um envelope de cor preta, não fui eu quem o enviou - A garota olha para a mansão, parecia se perder um pouco ao lembrar de como o bilhete estava escrito.

- De fato, meu pai o recebeu. Entretanto, ele tem estado tão cansado que resolvi vir para ver do que se tratava o assunto - Ariel volta a olhar para Tracer- É reconfortante encontrar alguém conhecido em um lugar como esse

Ver perfil do usuário

75 Re: Ato 2: Mudanças em Seg Abr 18 2011, 21:06

- Muito estranho. O meu bilhete dizia algo sobre encontrar a verdade... O do seu pai também? E por que enviar um ao seu pai e outro a mim? Não há nenhum...

Bullet mal termina de falar e logo se lembra da entrevista que tinha feito com o pai de Ariel. Nunca havia mencionado o nome dele na reportagem, então não havia como alguém saber que ele era sua fonte. Logo, só podia ter a ver com os recentes casos malucos que corriam pela cidade, e isso deixou ele um pouco mais preocupado.

- De qualquer forma, acho que devemos entrar, não concorda? Espero que a senhorita não tenha vindo indefesa. Ainda anda com aquela arma?

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 7]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum