Garotas Nerds

Fórum para leitoras do blog Garotas Nerds


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ato 2, Parte 2: O Etéreo

Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 7]

1 Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 20:45

Primeiro, tudo o que eles viam era a escuridão impenetrável.

Podiam sentir que estavam deitados sobre a pedra fria. Depois, quando seus olhos começaram a acostumar-se à escuridão, começaram a ver a silhueta uns dos outros.

Arthur, Javert, Grace, Eleonor, Thomas, Jane, Ellie, William, Morgan, Evan, Tracer, Ariella e Richard se viram todos no mesmo local, sob uma luz fraca que parecia não vir de lugar algum. Suas vozes ecoavam como se estivessem em uma grande caverna, e sussurros impossíveis de serem decifrados permeavam o ar como se fossem o som ambiente daquele estranho lugar.

Apesar de lembrar uma caverna, com uma pedra muito lisa, quase polida, era impossível ver onde aquele espaço terminava. Era como se estivessem no meio de um grande espaço de nada.

Reações e diálogos agora com vocês!

Ver perfil do usuário

2 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 20:53

O clarão súbito tinha quase cegado o repórter, mas Tracer tinha protegido os olhos com o livro. Mesmo assim, eles ainda doíam e a cabeça ainda não tinha terminado de girar.

Ao sentir o chão frio de pedra, ele abre os olhos devagar. A primeira vista, achava que a casa tinha explodido em chamas, mas logo percebeu que já não estava mais no mesmo lugar. Entretanto, a senhorita Ariel e o Capitão estavam logo ali, junto a outras pessoas que ele não sabia de onde tinham vindo.

Ele se levanta, sentindo dores pelo corpo todo agora e tentando se encontrar. Anda vagarosamente até onde Ariel está deitada e tenta ver se está tudo bem com a moça. Nem reparou se o livro estava caído por ali.



Última edição por nerdiscreto em Ter Abr 26 2011, 23:02, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

3 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 20:53

William tenta se acalmar, como ele tinha aparecido ali? Olhando ao redor ele reconhecia as pessoas... Tentava lembrar de onde. Do casamento? Da cidade? Não era importante agora. Ele tenta se lembrar qual foi a última coisa que aconteceu, lembra de ter acompanhado Catherine ao hospital para levar... Morgan.

- Morgan! Você está bem? Tem ideia do que está acontecendo?

Ver perfil do usuário

4 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 21:15

Ariel ao ver aquele monte de chamas, sentiu-se como toda a sua alma tivera sido levada para longe. Não sabia onde se segurar e parecia que sua voz ficara presa em sua garganta, nenhum som fora emitido,nenhuma súplica fora ouvida. Sentiu-se gelada, mesmo ao sentir o corpo sendo consumido pelo fogo.
Ao perceber o chão frio tocando em seu rosto,tentou erguer o corpo, mas via todo o local girando. Estava desnorteada. Até que percebeu uma figura se aproximar, fechou os olhos com força para focar a visão. Viu Bullet. Ariella tentou sorriu leve ao ver alguém conhecido,mas ainda não estava bem. Olhou para os lados em busca do capitão e deparou-se com tantas pessoas que não conhecia depois voltou a olhar Tracer enquanto tentava se sentar.

-... O que houve? - a voz saia em um tom baixo, perdido.

Ver perfil do usuário

5 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 21:39

A última coisa que se lembrava era ter falado com miss Potter e ter visto aquela sinistra fumaça preta envolver esta. Depois não viu nada.
Pensou que houvesse desmaiado graças a falta de ar, mas agora percebia sua respiração tão cadenciada e profunda como nunca sentira antes. Sentia a laje fria tocando em suas mãos e seu rosto. Ao abrir os olhos, viu que não estava mais na Mansão Dashwood e viu que outras pessoas estavam ali com ela Vagarosamente, sentou-se no chão e observou ao redor.
Reconheceu srta. Potter, reconheceu srta. Ariella e o sr. Bullet, viu outras pessoas também, não sabia quem poderiam ser. Também não teve ânimo para socorrer a senhorita Potter nem para ir falar com seus dois conhecidos. Ellie estava com a mente confusa demais. Todos aqueles acontecimentos bizarros de instantes atrás - Foi mesmo há intantes atrás? Quanto tempo teria se passado? - e agora aquele lugar estranho... Não estaria mesmo sonhando ou enlouquecendo?

Ver perfil do usuário

6 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 21:58

Abrir os olhos exigiu um certo esforço, a claridade apesar de fraca lhe fez sentir dor. Em pouco tempo se acostumou com a luz, viu que tinha mais pessoas ali. Imaginou estar sonhando... olhou para as pessoas, elas não lhe pareciam estranhas... Lembrou-se que estava com Miranda e a Srta Morrison, e da nuvem preta. Sentiu um mal estar, ficou agitada, as procurou, seja lá onde estivesse.
Olhou com mais calma ao redor, e viu a Srta Morrison, apoiou-se para ir ao encontro dela. Não vira Miranda.

- Srta Morrison? Srta? Sabe o que nos aconteceu? - Percebeu que a srta estava tão confusa quanto ela - Como se sente?

Ver perfil do usuário

7 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 22:08

A srta. Potter estava vindo em sua direção. Chegou perto, lhe fez perguntas. Ellie estendeu a mão e tocou no tecido da saia da jovem. Era macio e suave, pode sentir claramente. Se estava sentindo aquilo, então não estava sonhando, certo? Olhou para o rosto dela.

- Eu ... não sei. Nunca vi esse lugar antes, não fica dentro da mansão. Estou me sentindo estranha. Você também?
Estaria mesmo conversando com alguém ou era alucinação?



Última edição por Monny em Ter Abr 26 2011, 22:10, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

8 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 22:09

Javert sabia que aquele momento chegaria. Desde suas visões estivera tentando se preparar, encontrar algo que pudesse lhe ajudar quando toda aquela loucura começasse novamente, mas tinha sido em vão. Quem seriam aquelas pessoas? Seriam reais? Seriam visões? Na dúvida ele preferiu esperar. Ouvir o que aqueles desconhecidos feitos de névoa ou carne tinham a dizer, antes de tomar qualquer decisão.

Ver perfil do usuário

9 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 22:37

A primeira coisa que Cross fez ao se levantar foi procurar o recipiente metálico que guardava consigo e tomar um bom gole. Observou antentamente as pessoas ao seur redor. Sentiu um certo alívio ( o que supreendeu até mesmo ele) ao notar que a Srta. Ariel e Bullet se encontravam sãos e salvos entre elas.
- Ahhh, faz muitos anos que não vinha parar nesse lugar! Tinha quase me esquecido como era. A viagem continua sendo desagradável. Pois bem, melhor começar pelo começo. Damas e cavalheiros... estão todos bem?!
Sabem, tenho a leve impressão de que não estamos mais em Londres...

Ver perfil do usuário

10 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 22:59

Grace acorda com as vozes vindo de vários lugares, preocupadas, alguns rostos lhe eram familiares. Olhou ao redor e viu rostos ainda mais familiares, Eleonor e Thomas. Como Eleonor estava mais perto e ainda desacordada, tentou socorrer primeiro a nova amiga. Estava caída, próxima à viúva, ajoelhou-se e arrastou-se até o corpo desacordado.

- Senhora Eleonor? Acorde, por favor... - bastante preocupada, afasta o cabelo do rosto da amiga e lhe afaga a face, tentando acorda-la.

Grace estava com seu vestido batido de andar em casa e os cabelos desarrumados, compridos e ruivos, caindo-lhe sobre os ombros e o rosto.

Ver perfil do usuário

11 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 23:01

Bullet já estava um pouco melhor; pelo menos os olhos tinham parado de arder e já podia enxergar aonde estavam.

- Não tenho certeza, senhorita Ariel - ele diz, enquanto ajuda ela a se sentar. - Tudo que vi foi aquele homem tacar algo no fogo e dizer algumas palavras. Eu tenho algo em mente, mas...

Ele é interrompido pelas palavras do Capitão, que parecia ter recobrado a consciência.

- Bem, felizmente todos parecem bem - ele retribui o sorriso, agora parecendo mais bem humorado, mas um pouco preocupado e cansado. Tracer passa a mão carinhosamente no rosto dela, que parecia um pouco sujo de cinzas.

Logo percebe alguém conhecido a poucos metros, não muito longe dos dois. Era a senhorita Ellie, que por algum motivo tinha ido parar ali também.

- Senhorita, err, Ellie? Está tudo bem?

Ele só notou depois que ela conversava com mais alguém, que ele não conhecia (Jane).



Última edição por nerdiscreto em Ter Abr 26 2011, 23:41, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

12 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 23:13

O Capitão Cross anda pelo lugar e observa. Se é que aquele era mesmo um "lugar".

Procura ouvir atentamente os susurros. Chuta o chão como se tentando testar a sua consistência.

Tinha várias teorias sobre o que poderia estar acontecendo... é claro que isso não significava que alguma delas fosse correta.

Contudo seu humor melhorara, sua misantropia usual desaparecera e ele sentia mover-se com desenvoltura, como se estivesse em seu elemento natural. Ele se dirige até onde estão as outras pessoas. Procura ajudá-las a se levantar e verifica se ninguém está ferido.

Ver perfil do usuário

13 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Abr 26 2011, 23:44

Morgan estava completamente perdido. Não tinha a mínima idéia de onde estava, e não conhecia a maioria das pessoas que estavam com ele. Foi então que uma das pessoas veio falar com ele, e ele rapidamente reconheceu que era William:
-William? Que bom ver um rosto conhecido, eu estou bem.-Disse Morgan, sem aparentar nenhum sinal de doença.
-Não tenho a mínima idéia de onde estamos e como chegamos aqui. A última coisa que me lembro foi de estar em casa conversando com um sujeito e de repente tudo... escureceu.-Disse Morgan, lembrando-se exatamente das últimas palavras do sujeito.
-"Não interfira!"? Seja lá quem fez isso, não era amigo daquele sujeito, melhor eu ficar de olhos bem abertos.- Pensou Morgan.

Ver perfil do usuário

14 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 00:27

Evan acorda, sente o chão frio, abre os olhos e aguarda a visão se focar diante de si. Não lembrava de muita coisa. Tentou puxar pela memória que lugar era aquele e como havia parado ali. Mas só lembrava de correr atrás de...
- Harry! - ele exclama alto sem querer. - Olha entao ao redor e vê várias pessoas desconhecidas, ao mesmo tempo que ouve sua própria voz ecoando, junto com a das outras pessoas que também falavam. Ele se levanta. - Que lugar é esse?!
Ele repara que conhece aquelas pessoas. Aliás, não conhece; apenas sabe quem são. Eram algumas pessoas de quem ele se lembrava do casamento. Outras ele nunca tinha visto.
- Alguém sabe onde estamos e o que estamos fazendo aqui? Alguém viu Harry? Alguém o conhece? Um menino de dezesseis anos...
Ele continua olhando rapidamente ao redor, tentando encontrar respostas.

Ver perfil do usuário

15 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 01:45

OFF: É impressão minha ou o problema de falta de interação entre os jogadores acabou? xD

Ariella agradece a ajuda de Tracer enquanto tentava se sentar enquanto prestava a atenção no que ele falava. Depois de ouvi-lo falar, Ariel começa a ter flashes na memória sobre momentos antes do fogo.Na hora não sabe se acha aquilo é um sonho ou realidade e chega a ficar perdida nos pensamentos. Até que volta a si quando ouve a voz do Capitão comentando que não estavam mais em Londres e o toque da mão de Bullet em seu rosto,depois sorri leve como se gentilmente estivesse agradecendo.

-Bom q ninguem parece estar machucado -Ariel olha o reporter por alguns segundos,como se estivesse realmente querendo saber se ele estava bem- Espero que o sr. esteja bem, Mr.Bullet.

Ariel começa a se questionar onde estava extamente ou pq estaria lá mas é interrompida nos pensamentos ao ouvir outro nome conhecido sendo pronunciado por Bullet: Ellie , o que a faz deslocar a atenção e olhar para ela .Nunca imaginaria encontrar a moça em um lugar como aquele e por acasso acaba reparando que o Cap. Cross estava observando o local com certo cuidado, como se estivesse procurando respostas.

-Melhor fazermos como o Capitão e ver se há alguém não está tão bem quanto parece, não acha?

Ariella ouve o rapaz (Evan) procurando por outro, então se levanta, enquanto olhava em volta em uma tentativa de ajudar a encontrar essa pessoa.

Ver perfil do usuário

16 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 09:10

- Em casa? Sujeito? Nós estávamos no hospital... Eu e Catherine estávamos do seu lado todo o tempo.

William estranha a história de Morgan. Será que ele estava ali a tanto tempo assim? Tudo continua muito estranho...

Ver perfil do usuário

17 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 14:04

Dirigindo-se para Kendal

- Acalme-se meu bom homem... Quem é esse garoto que procura? Já chequei o perímetro e ele não se encontra aqui.

Falando com as demais pessoas reunidas

- Calma, calma. Eu reconheço muitos de vocês. Estavam presentes no incidente na casa do Dashwood não é mesmo? Eu sou o Capitão Richard Cross. Lutei durante um bom tempo no exército de sua majestade real.

Tenho certeza que há um motivo para nós estarmos aqui. Eu mesmo me encontrava na presença de Mr. Bullet e da Srta.(Ariel) antes de ter sido trazido para cá. Aliás tenho algumas teorias a respeito de onde estamos. Mas não quero chateá-los com detalhes técnicos.

Estão todos bem? Acho que pode ajudar se falarem quem são e o que estavam fazendo antes de vir parar aqui.

Ver perfil do usuário

18 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 14:42

-Em um hospital? Com Catherine?-
-As coisas fazem mais sentido agora, acho que aquele sujeito estava dizendo a verdade sobre o "plano etéreo" e tudo mais.-Disse Morgan para si mesmo.
Então virou-se para William e disse:
-Fique de olhos abertos, não tenho um bom pressentimento sobre esse lugar.
Foi então que escutou Richard Cross dizer algo. Morgan não o conhecia, mas pelo jeito que falava ele parecia ser alguém que sabia o que estava falando.
-Capitão Cross? -Disse à Richard Cross- Se sabe onde estamos, diga-nos. Não acredito que saber isso irá deixar alguém chateado.

Ver perfil do usuário

19 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 15:23

Para Morgan
- Durante o tempo que estive estacionado nas côlonias africanas estudei com um Sangoma, uma espécie de homem santo para o povo Zulu. Lembro que as vezes ele comentava sobre a existência de outros mundos além do nosso, e e de como ele era capaz de visitá-los em seus transes. Nunca acreditei muito nisso até que um dia seguindo seus passos eu mesmo tive um visão dessas. Era como estar em outro lugar. Mas foi breve... nada parecido com o que está acontecendo agora. Então não tenho certeza.
O velho sangoma também disse que as vezes determinadas entidades podem escolher trazer a consciência de outras pessoas para esses mundos paralelos, numa éspécie de sonho coletivo. Mas que esse "sonho" pode ser bem real...
Não espero abalar o ceticismo de nenhum homem de razão aqui, mas diante das circustâncias dos ultimos dias acho que não seria demais pedir um pouco de fé.
Se quisermos sair dessa é preciso que todos mantenham a calma e trabalhem juntos.

Ver perfil do usuário

20 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 15:53

-Ay Caramba!
*foi a primeira expressão q veio na cabeça.* havia escutado ela de um mercador mexicano que conhecera na infancia*
- Qu'est-ce qui se passe ici? *pensamento*
- Quem são essas pessoas todas? *pensamento*
*lembra dos ultimos momentos, da garrafa de vinho que tomara mais cedo*
- Que que botaram na minha garrafa?
- Pelo visto vou ter uma ressaca épica *sussura pra si msm*
De todas as pessoas só reconhecia duas, Grace e Eleonor.
Falar com Grace estava fora de opção devido ao que aconteceu ainda agora ou a algum tempo... não tinha noção do espaço de tempo que tinha passado. Vaguei um pouco nesse pensamento tentando compreender como se mede o tempo naquele lugar.

Logo depois viu Grace ajudando Eleonor a se levantar, Enquanto outras pessoas tentavam em vão entender o que havia acontecido c. elas assim como eu tentava entender.
Derrepente me aconteceu um pensamento. Onde estava a Mary? e a primeira coisa inteligivel que pronunciei foi..

-Maryyyyy *Gritando*

Ver perfil do usuário

21 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 20:05

" Senhorita, err, Ellie? Está tudo bem?"

Ellie se sobressalta por um instante, olha bruscamente e vê que era o sr. Bullet que a estava chamando. Um alívio. Parecia que de cada canto daquele lugar bizarro podia surgir algum espírito maléfico e fazer com ela o que fez com a sra. Dashwood.

Recuperada do susto, dá um sorriso aliviado e um aceno. Levanta-se e, no momento em que ia chamar miss Potter para ir com ela cumprimenta-lo adequadamente, ouve alguém dizer:

"... tenho algumas teorias a respeito de onde estamos. Mas não quero chateá-los ..."

Olha para o homem que disse aquilo. E ele continuou

" ... podem escolher trazer a consciência de outras pessoas para esses mundos paralelos, numa éspécie de sonho coletivo ..."

"É só um sonho, afinal?" Ellie discretamente belisca as costas da mão com força. Mas além da dor, não percebe nenhuma mudança.

Ver perfil do usuário

22 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 20:10

- Tem razão, senhorita Ariel. Não se preocupe, não há nada com o que se preocupar, só estou um pouco... cansado.

Ele também vai atrás de pessoas feridas ou precisando de alguma ajuda. Se aproxima de Ellie e a outra moça junto dela (Jane).

- Calma, senhoritas. Aparentemente fomos trazidos para algum lugar longe de Londres, mas logo acharemos alguma ajuda e sairemos daqui.

Bullet achava que estavam em algum lugar nas florestas, como uma espécie de caverna ou mina. Apesar de não conseguir ver as paredes em nenhuma parte, tinha quase certeza que era a luz da Lua refletida na pedra, então já havia caído a noite. Bastava encontrar uma saída em algum lugar.

OFF: por não acreditar em coisas sobrenaturais e não saber onde estão, é assim que Bullet imagina o local

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

23 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 20:22

- Sr. Bullet. - Ellie faz uma pequena revência como cumprimento. - Espero que o senhor tenha mesmo razão e que seja apenas isso. Mas aquele senhor - indica o Capitão - estava falando agora mesmo em transes e mundos paralelos. Acha... que ele pode ter razão?

Oh, e eu vi que o senhor estava acompanhando a srta. Ariella novamente. Como vocês estão? - a pergunta com duplo sentido foi intencional, mas Ellie estava com o rosto impassível.Queria ver o que o outro responderia.

Ver perfil do usuário

24 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 21:37

Off: A Monny é quem mais está colocando lenha na fogueira xD

Ariel sentiu calma ao ver que Bullet estava bem. Olhou-o se afastar enquanto andava perto dos outros que estavam lá, procurando se alguém estava machucado ou precisando de ajuda.Ouvia atentamente as palavras do Capitão e começa a se questionar que lugar era aquele.Mundo Paralelo? Sonho coletivo? Achava tudo tão estranho q não sabia se acreditava na teoria do Cap. Cross ou se tentava bolar sua própria teoria. Percebeu que Bullet foi ver com Ellie estava e no fundo sente-se aliviada ao ver que estava bem.

Suas divagações foram interronpidas quando ouve o grito desesperado de um homem gritando por um nome "Mary". Ariella aproximou-se do mesmo (Thomas ) devagar

- Perdoe-me, mas acho que quem procuras não deve estar aqui.-Ariel falava em um tom suave, em tentativa de acalma-lo

Ver perfil do usuário

25 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Abr 27 2011, 22:32

Evan ouve todo o discurso do Capitão Cross, e acha tudo aquilo estranho.
- Transes? Sonhos coletivos? Não sei pra vocês, mas parece muito real pra mim. Meio impossível, mas real. - diz ele. - E de que forma trabalharíamos juntos? Temos primeiro que descobrir como sair daqui. E eu, de encontrar Harry. Que por sinal, é meu meio-irmão... filho de Lorde Kendal e Coralline.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 7]

Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum