Garotas Nerds

Fórum para leitoras do blog Garotas Nerds


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ato 2, Parte 2: O Etéreo

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 7]

101 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 17:19

acho que logo logo vamos precisar do auxílio do Dean
e do Locke também ...


Ellie estava um pouco distraída, repassando em sua mente
todas aquelas coisas bizarras que estava vivenciando, quando percebeu que Jane
lhe indicava algo. Uma outra pessoa tinha aparecido por ali, um homem. Jane
tinha um olhar estranho, como se não simpatizasse com ele.




- Sejam bem vindos, caros viajantes.


Ellie sussurrou para Jane :

- Acho que ele é algum funcionário do palácio. Talvez nos explique o que aconteceu.

Ver perfil do usuário

102 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 18:51

Pergunta idiota "que lugar é este?", é o palácio de Buckingham, sua besta XD

- Digo, estamos nos jardins do palácio de Buckingham, mas o que aconteceu com este lugar, por que toda essa destruição?

Ver perfil do usuário

103 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 22:01

Como assim saímos de dentro do palácio? Putz, jurava que a gente tinha passado pelo portal e apercido lá em frente! o__o
A chegada do estranho pegou Cross de surpresa enquanto ele conversava com Bullet.
- ... OU podemos tentar encontrar as crianças levadas que começaram nosso incêndio literal e metafórico, em primeiro lugar. Se é que de fato não foi uma delas que nos encontrou primeiro...
Ele se vira dirigindo seu olhar para o homem de cabelos ruivos.

Ver perfil do usuário

104 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 22:58

Como de costume Javert continua observando a situação antes de falar ou agir. Conhecedor das pessoas, sabe que as melhores aparencias são as que mais tem a esconder.

Ver perfil do usuário

105 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qua Maio 04 2011, 19:42

Ariel olhava atentamente para o indivíduo que aparecera. Cada detalhe, cada gesto que ele fazia a mantinha atenta. Por algum motivo, a presença que ele tinha a fazia lembrar do anfitrião da mansão abandonada. Não sabia pq,apenas sentia. Preferiu manter-se quieta e prestando a atenção no que ocorria

Ver perfil do usuário

106 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qui Maio 05 2011, 15:31

O estranho riu levemente ao ouvir as perguntas, mas não respondeu-as diretamente. Ao invés disso, olhou para o céu e a chuva de cinzas.

- Quem sou eu? Quem são vocês, é a pergunta. Sabeis de fato quem são, caros viajantes?

Ele disse isso passando o olhar por cada uma das pessoas ali presentes. Demorou-se então no capitão.

- Pois me pareces tão confortável no meio de tal destruição que poderia ser o senhor o causador de tal tragédia, meu caro capitão. Suponho que seus amigos aqui presentes não conhecem sua verdadeira natureza? - Ele volta a falar para o céu - Ainda assim, confiam suas vidas no homem que toma a dianteira, apenas por ser de seu instinto. Que tolice!

Ver perfil do usuário

107 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qui Maio 05 2011, 16:09

- Devo admitir estranho que já presenciei massacres e banhos de sangue antes. Na guerra. Não há nada de novo pra mim. Nós fiéis soldados da rainha queimamos aldeias inteiras e fizemos coisas inomináveis. Para sobreviver. E por que era o que esperavam da gente. Ceús, fui mesmo condecorado por isso! Tem razão quanto a minha verdadeira natureza, nem mesmo eu gostaria de tê-la conhecido, como conheci...

Mas você me tem em estima muito mais elevada que meus companheiros se acha que posso ter feito algo tão engenhoso quanto isso. Também estou certo que não fui eu a nos ter trazido aqui. Não sou tão bom assim.
Por outro lado, tenho uma forte desconfiança de que voce não seja apenas um pobre peregrino perdido nas ruínas da cidade grande...

Ver perfil do usuário

108 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Qui Maio 05 2011, 23:06

Ariel olhou atentamente quando o ruivo começou a falar.Sentia a malicia na voz dele mas peferiu não comentar

- Acredito que todos nós sabemos quem somos e de nada é válido julgar um homem apenas por parte de seus feitos, não é mesmo?. Entretanto, onde exatamente o sr quer chegar com essa conversa? - Seu tom era calma, intrigado. Por dentro, estava dispostar a saber o que o sr de cabelos ruivos pretendia fazer.

Ver perfil do usuário

109 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 15:03

Morgan tinha se irritado com aquele sujeito. Até agora ele não tinha dito nada que fazia sentido (pelo menos para Morgan), então Morgan tomou a frente, foi em direção ao sujeito, agarrou-o pelo colarinho e disse:
-Por mil demônios!! Diga logo o quer, ou então deixe-nos seguir nosso caminho!

Ver perfil do usuário

110 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 15:42

Cross observou a ação impulsiva do homem (Morgan) a sua frente. Hesitou. Pensou em interferir. Mas então apenas deixou que ele avançasse e ficou observando qual seria a reação do estranho. O extase inicial que o invadiu quando foram trazidos para aquele lugar amainou um pouco, dando vazão a outros instintos mais primários.
Não era um herói, era um estrategista.
Em toda tropa havia uma vanguarda que tomava a frente de assalto.
Esperava sinceramente que daquela vez ela não fosse sacrificada em vão contra o inimigo. Mas todo caso seria mais uma chance de tentar aprender algo novo sobre ele...

Ver perfil do usuário

111 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 15:56

OFF: desculpem a demora, mas fiquei sem internet essa semana. Mais ou menos um inferno, sabe como é x)

A aparição do homem foi um tanto inesperada, mas não impressionou Bullet. Agora que havia sinal de vida, o repórter tinha confirmado algumas de suas deduções.

- Como se não bastasse aquele outro, agora mais um esquisito para nos perturbar com sua conversa fiada.

Ele se referia ao senhor que ele, Ariel e o Capitão tinham encontrado naquela velha casa. Agora, pensara em sacar a arma novamente e apontá-la para ele, mas se lembrou de que não possuía seus pertences.

- Bem, o senhor não é o primeiro a vir com essa história sobre a verdade. Francamente, eu não me importo com o que o possa ter a dizer, nem com o que houve aqui, ou se o culpado foi o Capitão. Nunca confiei muito nele mesmo.

Tracer sorri para Ariel, como se tivesse ganho alguma coisa que ficara em suspenso.

- Entretanto, tolice seria acreditar em um estranho, no meio de um lugar deserto e vestindo um paletó. Como disse o rapaz (Morgan), diga logo o que quer.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

112 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 15:57

- Não me julgue pelas deduções tolas de seus companheiros, capitão. Estou longe de ser um mero peregrino...

Logo depois de dizer isso, o estranho foi levantado pelo colarinho violentamente. Ele apenas sorriu para a pergunta.
Morgan sentiu o sangue de suas mãos ferver, como se fogo tivesse sido injetado em suas veias. A dor lancinante o fez soltar, e o estranho gargalhou quando viu Morgan se retorcer de dor no chão.

- Não invoque os demônios em vão, Sr. Gray! Eles não lhe ajudarão aqui! - Ele gritou, deliciado, logo depois se virando novamente para os outros - Talvez devesse explicar aos seus aliados sua predisposição para pactos nefastos...!

Primeira vez que uma barrinha de vida é usada no RPG XD

Ver perfil do usuário

113 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 16:08

FIRST BLOOD!
metalgeisha escreveu:- Não me julgue pelas deduções tolas de seus companheiros, capitão. Estou longe de ser um mero peregrino...
Nem os dêmonios entendem quando o Cross tá sendo irônico! E olha que somos britânicos! Vou começar a colocar tudo entre aspas! XDDDDDDDDDD

Ver perfil do usuário

114 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 16:10

William estava prestando atenção em toda a movimentação, aquele estranho parecia saber de alguma coisa, mas parecia que não ia contar... Quando se dá conta do que está acontecendo, Morgan já está caído no chão e William não tinha visto o estranho fazer nenhum movimento.

- Morgan!

William rapidamente se aproxima de Morgan e grita para o estranho:

- O que foi que você fez?

Ver perfil do usuário

115 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 16:32

Morgan sentia uma dor indescritível, sentia que se não soltasse o sujeito, seu corpo queimaria de dentro para fora.

-Cale a boca, desgraçado!- exclamou Morgan - O que faço da minha vida diz respeito somente a minha pessoa.- Se ele pudesse, soltaria fogo pelos olhos de tanta raiva que sentia.

Depois de se acalmar um pouco ele voltou para perto do grupo e jurou para si mesmo em voz baixa: "Eu ainda mato esse maldito!"
Logo depois respondeu à pergunta de William: -Não consegui evitar, esse bastardo merece a morte!-




Em off: Dois pontos de vida?? E agora, morgan ficou manco, sangrando, ou dá para continuar normal?

Ver perfil do usuário

116 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 17:16

fomos alvejados!... ninguém mais está seguro! O.O (nunca estivemos, mas agora o perigo é real!!)


Ellie viu o tom de desafio, quase deboche que o estranho usava com todos, inclusive a ofensiva direta ao Capitão. Todos estavam ficando impacientes e nervosos até que um dos homens que do grupo (Morgan) realmente chegou as vias de fato, tentando agredir o ruivo. Até que o primeiro caiu no chão, sem que nenhum motivo aparente.

- Não invoque os demônios em vão, Sr. Gray! Eles não lhe ajudarão aqui...

Ellie começou a rezar. Nem se lembrava mais como fazer, não fazia isso desde que era criança, época que sua governata lhe ensinara algumas orações. Mas isso não importava agora. O que importava era que estava sentindo muito medo, estava na companhia de pessoas estranhas e coisas muito estranhas estavam acontecendo.

e agora? quem poderá nos defender?? xD

Ver perfil do usuário

117 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 20:04

- Então Bullet... consegue encontrar uma explicação racional para o que acabou de presenciar?
Cross se aproximou do estranho.
- Não irei pedir desculpas pelos atos de meu companheiro por que presumo que sinceramente você não está interessado nisso. No entanto não há motivo para nos ferir. Exceto pelo fato que talvez isso o divirta não é? - o capitão sorriu.
- Mas se o que pensa em fazer conosco é algum tipo de brincadeira é evidente que logo você irá se cansar...
Se realmente julga saber tanto a respeito de nós, por que não responde a pergunta que fez?
Quem somos nós realmente, o que valemos pra você? Por que nos trouxeram aqui?

Ver perfil do usuário

118 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 20:38

Ariel assim que viu o ato impulsivo do desconhecido ( Morgan ) e levou a mão até a boca como se isso fosse esconder a expressão mista de espanto e preocupação que deixava aparecer no rosto .

-Santo Deus...- murmurou para si, esperando que o pior não acontecesse.

Assim que nota o sorriso de Bullet, indaga-se sobre o que ele teria deduzido naquele momento, mas julgou não ser uma hora oportuna para perguntar.Apenas fez um gesto com a cabeça em resposta,por algum motivo, ter percebido isso a fez sentir-se um pouco mais segura em meio a situação. Até tinha esboçado um sorriso leve no rosto, mas assim que ouviu alguém chamado "Morgan" em um tom bastante expressivo, fez sua atenção voltar-se para o homem sentado no chão e um rapaz ao seu lado ( Morgan e Willian ).Tentava entender o que houve , mas tinha perdido o que acontecera.

Cada vez parecia ficar mais claro a maneira com o homem de cabelos vermelhos bricava com todos ali presentes. Ele conhecia sobre o passado do Cap. Cross e sabia sobre o que Mr.Gray fazia. O que mais ele saberia? Para Ariel, era como ele já estivesse observando todos ali há algum tempo. Vendo como cada um agia, suas maneiras de pensar. Sentiu um leve calafrio. A brincadeira estava começando a ficar séria demais. Para não deixar seus pensamento tão obvios em seu rosto, seguiu até Morgan e William como uma maneira de ocupar a mente.

- .... Mr. Gray, correto? - olha para Morgan- O sr está bem ? - fala enquanto observava se ele estava machucado, o tom era tranquilo e educado.

Ariel olha de relance para Ellie rezando e pergunta-se se rezar em uma hora como aquele os ajudaria, depois pousa o olhar no sr. ruivo e volta a observer a situação de Morgan,

- Está mesmo se divertindo, não é mesmo? - referindo-se ao ruivo- Sabe o que fazemos, sabe quem somos,como pensamos e brinca conosco iqual a uma criança enquanto brinca com bonecos e não para até dar-se por satisfeita. - O tom era mais "seco" que o normal, como se estivesse falando alto o que pensava enquanto dava um toque de ironia e desprezo por tudo aquilo. - Pq não falas o que queres de uma única vez? - Apesar de tudo, a maneira educada em que a palavras saiam, não deixavam transparecer como realmente Ariel estava por dentro. - Seria muito mais vantajoso.

Ver perfil do usuário

119 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 21:26

Jane viu o homem caído (Morgan) e viu que sua desconfiança não foi vã!
Acompanhava o desenrolar da situação um pouco assustada, não sabia o que lhe aguardava e queria voltar para casa. Se pudesse se arrepender de alguma coisa, seria de querer saber mais sobre o que aconteceu no casamento.

Permanecia ao lado de Miss Morisson , e percebeu que estava apreensiva, tentando tranquilizar a amiga, segurou sua mão e sorriu, indicando que ficará tudo bem!

Ver perfil do usuário

120 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 22:34

Ellie se espantou ao ver que Jane segurava a sua mão e sorria. Estava lhe dando apoio.

Estava sendo fraca, sabia disso. Sentia-se acuada e nervosa, queria simplesmente sair correndo dali para sua casa. Com certeza os outros sentiam a mesma coisa, mas estavam lá, tentando resolver a situação. Ellie não tinha o sangue-frio de alguns seus companheiros, mas bancar a mocinha assustada não ajudaria em muita coisa também. "Vamos ao menos tentar manter o controle. Um mágico não mostrar insegurança à platéia, nem quando erra um truque". Retribuiu o gesto de Jane, e em meia-voz disse a amiga:

- Ele está tentando nos por um contra os outros... esta nos assustando... Ele nos conhece, Jane.

Ver perfil do usuário

121 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sex Maio 06 2011, 22:39

Javert estava assustado. Não esperava por algo assim. Por mais que tentasse se focar em ser corajoso, como lhe fora requisitado pela mulher em seu sonho, não saberia até onde poderia aguentar se a situação continuasse a se deteriorar de tal maneira.

Ver perfil do usuário

122 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sab Maio 07 2011, 00:22

-Obrigado pela atenção senhorita.- disse à Ariella, em um tom de voz bem mais tranquilo do que a poucos instantes. - Estou bem, acho que tive mais sorte do que juízo.
Achei que morreria naquela hora, mas agora já me sinto um pouco melhor.
E então finalizou:
-E por favor, me chame apenas de Morgan. Acho que estamos todos do mesmo lado aqui.

Ver perfil do usuário

123 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sab Maio 07 2011, 00:36

- Tsc, tsc.

O estranho balançou a cabeça, parecendo desapontado ao olhar para Jane e Ellie, e depois voltando a Morgan.

- Mesmo lado? Sr. Gray, creio que não reconheça no que se meteu. O senhor cedeu seu corpo de livre e espontânea vontade para um espírito do etéreo. Assim como o pobre Reese...

Ver perfil do usuário

124 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sab Maio 07 2011, 00:48

Bullet ri da pergunta do Capitão, como se já a esperasse.

- Ora, você não queria saber do "fogo"? O jovem (Morgan) foi muito apressado. Como disse a senhorita Ariel, nada impede desse senhor ter nos observado e preparado toda essa encenação. Aliás, o senhor ainda não percebeu o mesmo tipo de joguinhos, a fala e o jeito dele e daquele na casa velha?

O repórter suspira, cansado.

- Estamos perdendo tempo, toda essa maluquice sem sentido ainda não nos deu resposta nenhuma.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

125 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sab Maio 07 2011, 01:08

Cross ignora momentaneamente Bullet, parece mais preocupado com o que o homem acabou de falar.
- Reese você disse? Então foi isso que aconteceu com o segundo-tenente, ele aceitou uma possesão demoníaca de livre e espontanea vontade? Diga-me cavalheiro (Morgan) foi isso que aconteceu com você? Também barganhou seu espírito com um ser de outro plano?

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 7]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum