Garotas Nerds

Fórum para leitoras do blog Garotas Nerds


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ato 2, Parte 2: O Etéreo

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 7]

76 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sab Abr 30 2011, 19:36

"Uns falam de passado, outros de futuro... Ou sonho. Mas tudo me parece real... Não sei o que pensar."

Grace vê o afastamento repentino de Arthur e o capitão Cross indo atrás dele, logo depois dirige-se também ao jovem colocando a mão em seu ombro, após este ter desabafado seu sonho ao capitão.

- Tranquilize-se, rapaz. Acho melhor ficarmos todos juntos por enquanto. Espero que seja só um pesadelo mesmo - sorri para Arthur.

Dirige-se a ambos agora

- Tenho impressão de ter ouvido uma voz quando este lugar apareceu... vocês não?

Ver perfil do usuário

77 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Sab Abr 30 2011, 20:15

Ariel acompanhou o grupo enquanto mergulhava em suas teorias de onde estavam e pq estavam lá. Aquela voz melodiosa que ouvira a deixou intrigada. Gostaria saber de quem era, mas não fazia a menor idéia. Assustou-se com a imagem de Londres sob cinzas.Se afastou um pouco do grupo seguindo mais a frent e abaixou-se até o chão, pega um pouco das cinzas para ter certeza do que era. O silêncio era tanto q conseguira ouvir os comentários do Capitão,Arthur e Grace.Notou Bullet quieto, mas prefiriu não atrapalha-lo em seus pensamentos.

- A srta. não foi a única a ouvir tal voz...- a voz saia macia e suave,não querendo deixar ninguém mais preocupado e ao mesmo tempo analisando as cinzas que havia nas mãos querendo observar se havia algum vestígio humano nelas . - Pude ouvi-la muito bem...Era doce, como se estivesse fazendo um convite,não acha?

Ver perfil do usuário

78 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 11:27

Durante a conversa com Miss Morrison não tinha dado atenção à brisa, pois estava muito mais concentrada em sua linha de raciocínio que poderia trazer uma explicação para unir tantos "estranhos" num lugar igualmente estranho com um propósito completamente obscuro para todos os presentes.
Porém a brisa ficou mais forte, e com ela um som de uma voz melodiosa que chamava para si a todos. Permaneceu breves instantes hipnotizada pela brisa, quando ouve Miss Morrison dizer:

- Não é preciso comentar o quanto tudo isso é estranho... O que você acha que deveríamos fazer?
- Começo a acreditar que nada mais será normal daqui por diante. Acho que deveríamos seguir a brisa, ver no que ela vai dar e quem sabe conseguiremos voltar para nossas casas e descobrir o que está acontecendo.
Então viram o palácio de Buckingham em cinzas! Miss Morrison fala novamente:

- Não há ninguém por aqui. Onde estão todos, estarão feridos??
E então Jane fala para todos, um pouco angustiada e em tom de desabafo:
- Será que ainda estamos vivos? Ou estamos no mesmo dia? Quanto tempo ficamos desacordados?


lost feelings hahahaha

Ver perfil do usuário

79 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 12:36

eu pensei a msm coisa, ainda mais no momento da fumaça preta xD mas sério, Londres agora parece mais sinistra que a ilha... O.O

Ver perfil do usuário

80 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 13:35

*Arthur dá um sorriso leve para Grace em resposta e após Alice comenta *
- Sim, acho que todos a ouvimos. Pode ser qualquer coisa, talvez o nosso fim, porém é a única pista de resposta.
* Arthur olha para os lados, tentando se lembrar da direção da voz para poder ir atrás *
Código:
Existia alguma direção desta voz ou ela só nos fez sair para caverna?

Ver perfil do usuário

81 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 14:31

LOST feelings TOTAL MWHAhahahahahau
Para Todos
- Estão certos. Também pude ouvir a voz ecoando na distância...
Cross se perde um pouco em seus próprios pensamentos antes de continuar falando.
- Não tenho particular apreço por lugares fechados, mas acho que se queremos mesmo desvendar onde estamos, ou se essa é mesmo Londres ou não melhor investigarmos área.
Alguém aqui teve mais algum tipo de sonho, ou encontro fora do normal o qual gostaria de compartilhar conosco, cavalheiros?



Última edição por Di Benedetto em Dom Maio 01 2011, 16:25, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

82 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 15:09

- Não tenho particular apreço por lugares fechados, mas acho que se queremos mesmo desvendar onde estamos, ou se essa é mesmo Londres ou não melhor investigarmos área.

Antes que Cross se dirigisse a todos, Grace diz:

- Parece-me um homem vivido, capitão. Seguirei e confiarei no senhor. - sorri para Richard, deixando em suas mãos seu destino dali para frente.

Ver perfil do usuário

83 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 16:48

Ellie seguia ao lado de Miss Potter.

- Será que ainda estamos vivos? Ou estamos no mesmo dia? Quanto tempo ficamos desacordados?

Enquanto pensava numa resposta, ouviu o Capitão dizer:
- Alguém aqui teve mais algum tipo de sonho, ou encontro fora do normal o qual gostaria de compartilhar conosco, cavalheiros?

Estava se sentindo insegura. Algumas pessoas, como uma bonita senhorita ruiva (Grace), já pareciam dar credibilidade ao Capitão. Mas ela não se esquecera do comentário do sr. Bullet. Olhou para miss Potter, verificando se ela tinha ouvindo o comentário do militar.

- Senhor, nós duas... bem, nós duas presenciamos algo estranho hoje cedo, quero dizer, antes de desaparecermos.... - a lembrança do acontecido a deixava nervosa - Senhor... acho que nós vimos um demônio.

Ver perfil do usuário

84 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 17:11

Cross olhou para Grace, e sorriu.
- Fico lisonjeado com o voto de confiança, senhorita. Farei tudo ao meu alcance para merecê-lo.
Para Ellie
- Um dêmonio, você diz? O que a leva a usar essa expressão? Não se preocupe senhorita, os demais cavalheiros aqui podem se apegar ao seu ceticismo, esquecendo que o verdadeiro cético dúvida, mas não nega de antemão qualquer possibilidade. Eu já tive experiências ainda que limitadas com esse tipo entidade antes em meus tempos de aprendiz, e posso lhe garantir que dêmonios existem. Gostaria fossem somente os dêmonios inerentes de cada ser humano...
Por favor, me conte mais sobre isso.



Última edição por Di Benedetto em Dom Maio 01 2011, 17:43, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

85 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 17:23

Ariel puxa uma fita de um dos laços do vestido e coloca uma pequena amostra das cinzas nela e a guarda. Levanta-se e passa a mão pelo vestido, tirando as cinzas que cairam por cima. Escutou bem o que a Ellie falou e isso deixou-a intrigada.

-Se permite-me perguntar, srta. Morrison, o que exatamente está querendo dizer como demônio?- Seu tom era tranquilo e um tanto que encorajador. Não queria forçar Ellie a falar, mas mostrava-se interessada.

Ver perfil do usuário

86 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 18:10

Ellie ficava confusa às vezes quando se sentia nervosa. Torcia para que Miss Potter a corrigisse se dissesse alguma bobagem. A srta. Harris também parecia apoiá-la

- Senhor, veja bem, eu nunca acreditei nessas coisas. Meu pai trabalhava com ilusionismo, então muitas vezes eu vi as pessoas acharem que estavam vendo fantasmas quando na verdade tudo o que havia no palco era espelhos posicionados e luzes e pessoas fantasiadas - sentiu que estava falando demais e fugindo do assunto - Enfim, hoje cedo... antes de desaparecermos, eu e a srta. Potter vimos uma... fumaça, uma nuvem negra no quarto da mãe de Miranda, e parecia que estava saindo de dentro dela, dominando-a! É impossível obter um efeito daqueles só com ilusões de óptica, então a não ser uma explicação sobrenatural, eu não sei o que mais pode ser.

eu sei que eu mais compliquei do que expliquei rs, mas a zumbibs tava lá comigo enfrentando bravamente a situação, então acho justo que as duas narrem a história. =D

Ver perfil do usuário

87 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 18:34

Morgan ouviu perfeitamente a pergunta do Capitão Cross, mas preferiu se calar e não comentar sobre a "reunião" que estava tendo mais cedo com aquele ser que ele não sabia quem (ou o que) era.
Foi então que Ellie chamou o Capitão e começou a contar o que havia se passado com ela. Morgan ficou apenas observando.

Ver perfil do usuário

88 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 19:20

heuehuehue valeu Monny

Percebeu um pouco do nervosismo de Miss Morrison ao começar a relatar a experiência que tiveram na mansão Dashwood. Quando a amiga deu uma pausa, Jane continuou:
-Verdade! Estávamos com Miranda em sua mansão, ela se queixava que sua mãe não saía do quarto a dias, então tentamos chamá-la, sem resposta tentamos abrir a porta a força. Tomamos essa medida após ouvirmos uma risada sombria. Quando finalmente a porta se abriu - e começou a ficar horrorizada de como a lembrança ainda estava vívida, e sentiu um calafrio - vimos uma fumaça preta saindo da senhora, corremos para tirar Miranda dali e pegarmos as crianças, mas... a fumaça nos envolveu e acordamos aqui.
Terminou de falar e estava um pouco trêmula, sua esperança era de que o Capitão pudesse explicar a elas o que estava acontecendo.

Ver perfil do usuário

89 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 19:33

Ariel segue até Ellie a srta.Potter assim que percebeu ambas ficaram incomodadas ao tocar no assunto.

- Acredito que as senhoritas já tenham falado o suficiente, Capitão. - Ariel estava intrigada e desconfiada com tudo aquilo , mas seu tom de voz conseguia esconder muito bem isso. Fez um gesto educado com a cabeça ,usando um tom calmo, a maneira como falava era como uma tentativa de tranquilizar os que estavam próximos.

Ver perfil do usuário

90 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 19:57

Bullet tinha permanecido quieto até agora, longe dos demais. Parecia um pouco desanimado, triste e cansado, mas ainda mantinha a atenção nos outros. Tudo ia se encaixando finalmente.

- Chamas, fumaça e cinzas - disse alto, mas a ninguém em específico. Se referia ao relato de Ellie e Jane, ao seu encontro com o senhor misterioso e ao estado em que Londres se encontrava.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

91 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 20:11

- É um ciclo. - Ariel disse quase que automáticamente assim que ouviu as palavras de Bullet,o que a deixou mais intrigada.Ariella olhou para o reporter e ao reparar na expressão cansada e preocupada que possuia no rosto,aproxima-se dele.

-Sente-se bem, Mr. Bullet? - Ariel fala baixo,não querendo chamar a atenção dos outros, usando um tom atencioso com uma pontada de preocupação, mas na melhor das intenções para ajuda-lo.

Ver perfil do usuário

92 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Dom Maio 01 2011, 22:57

- Sim, está tudo bem, senhorita Ariel - ele sorri, mas os olhos carregam o cansaço. - Não se preocupe.

- Como você disse, acho que faz mais sentido agora. Talvez aquele senhor pudesse nos dizer do que se trata, mas não vejo sinal de qualquer um por aqui, nem mesmo dos guardas do Palácio.

Ver perfil do usuário http://nerdrevollution.wordpress.com/

93 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Seg Maio 02 2011, 10:45

Ao terminar de falar o que aconteceu na mansão viu uma senhorita se aproximar, dizendo que já tinham falado o suficiente. Ficou agradecida.
Mas Mr Bullet se procunciou:

- Chamas, fumaça e cinzas
E Miss Harris completou:
- É um ciclo.
Não teve como não voltar a pensar no casamento, então resolveu perguntar a todos:
- Acredito que nem todos se conheçam, ou se conheciam até estar aqui, mas venho pensando em algo... todos aqui estiveram no casamento de Cecília Dashwood?

Ver perfil do usuário

94 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Seg Maio 02 2011, 19:48

- Sim, eu estava... Assim como ele e aquela senhora - aponta para Thomas e Eleonor

Ver perfil do usuário

95 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Seg Maio 02 2011, 22:21

Com essa história da fumaça virou "LOST em Londres" mesmo hehehe (se bem que eu sei que a mestra tirou esse lance do Supernatural ...)
- De fato como a senhorita (Jane) disse todos aqui parecem ter estado presentes no casamento ou ter tido algum tipo de encontro ou visão fora do normal. Alguém aqui não se encaixa nesse "padrão"?
Para Bullet.
- ... falta encontrar o "fogo". De tantos lugares de Londres, por que fomos trazidos logo para cá? Se eu fosse conduzir uma busca pela origem do nosso "incêndio" começaria olhando ali.
*Aponta para o Palácio de Buckingham com o dedo*

Ver perfil do usuário

96 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 08:50

Detalhe: vocês saíram de dentro do palácio, se voltarem pela porta vai ser só a caverninha escura. XD

Enquanto conversavam, uma sombra observava o incauto grupo perdido. Ela se deliciava com os cruéis pensamentos do que faria com eles. Sim, principalmente com as mulheres; em sua mente, eram objetos desprezíveis, com o único propósito de obedecer a cada desejo seu. Os homens? Seriam suas marionetes. O velho tinha conseguido o impossível ao mandar todos os destinados para aquele lugar de uma vez, onde estavam à mercê de seus caprichos.

Decidiu que brincaria um pouco. A sombra mudou sua forma para algo humanóide, uma pele pálida e um belo rosto andrógino. Usava um elegante paletó negro, e a cabeça descoberta deixava à vista um cabelo muito vermelho, penteado cuidadosamente para trás.

- Sejam bem vindos, caros viajantes.

O grupo viu um estranho homem sair de uma das ruínas. Ele possuía uma bela aparência, e seus olhos eram negros e profundos. Ele não possui uma aparência ameaçadora nem parece um demônio.

Lembrem-se de que o primeiro pedaço ali é só pensamento do cara que botei pra ficar legal, então seus personagens não sabem as motivações do estranho. Interpretem de acordo :B

Ver perfil do usuário

97 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 09:42

William estava meio alheio a conversa das pessoas depois que saiu da conversa. Tudo aquilo estava estranho demais... Londres estava totalmente queimada e sua preocupação com Catherine só aumentava. Aquilo tudo não poderia ter acontecido de uma hora pra outra e ainda não tinha imaginado uma forma de ele ter aparecido na caverna com aquelas outras pessoas. Perdido em seus pensamentos William se assusta quando um homem aparece e ainda mais quando ele diz "Sejam bem vindos, caros viajantes.".

- Bem vindos? Como assim? Você sabe o que está acontecendo?

Ver perfil do usuário

98 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 10:11

Não sabia que tínhamos saído do palácio o.o

"Não me lembro de ter visto esse senhor conosco agora há pouco", Grace pensava. Achou muito estranha sua aparência, principalmente seus cabelos vermelhos, mas apesar de tudo, não lhe parecia ameaçador.

Grace se aproxima do estranho

- Como 'bem vindos'? Que lugar é este? E quem é o senhor?

Ver perfil do usuário

99 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 13:43

"Será que foi ele que interrompeu a conversa que estava tendo antes de ser mandado para cá? É possível, melhor eu ficar de olho aberto." Pensou Morgan.
Com as várias perguntas que surgiram, Morgan preferiu observar como o sujeito iria responder a elas.

Ver perfil do usuário

100 Re: Ato 2, Parte 2: O Etéreo em Ter Maio 03 2011, 16:57

já posso dizer pqp?! auhauhauhaauah tá ficando brabo o negócio aqui Shocked

Jane assustou-se com a presença de um homem, e ao contrário do estranhamento anterior, esse homem lhe causava um certo asco.

obs: eu posso sentir isso sem jogar dados? ou precisa jogar?

Viu que o homem estava sendo interpelado pelos outros e recuou um pouco, tentando indicar para Miss Morrison que deveria permanecer atenta ao estranho!

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 7]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum